O material exposto foi desenvolvido por Josana Camilo e é parte do conteúdo da apostila dos cursos de astrologia ministrados pela autora

Aspectos

Conjunção

No aspecto de conjunção os planetas se encontram no mesmo signo e grau na eclíptica

Na conjunção ‘exata’ não há uma abertura de ângulo entre os planetas envolvidos - por causa disso a astrologia tradicional não considera a conjunção como ‘aspecto’.

As funções representadas pelos planetas se misturam, formando um centro poderoso de energia.

Todas as conjunções simbolizam o início de um novo ciclo onde o potencial formado pela fusão dos planetas envolvidos se revela de acordo e à medida em que outros aspectos entre eles são formados. (O planeta mais rápido é quem se aproxima para realizar o aspecto e também quem se afasta (ou se separa do mais lento desfazendo o aspecto)

Pode-se comparar a conjunção a uma semente. A semente contém todo o potencial da futura planta, e esse potencial se irá atualizando à medida em que a planta se desenvolve até que, em um determinado momento, tudo o que é possível (de acordo com as condições que envolveram esse processo de desenvolvimento - como a qualidade do solo, quantidade de luz e calor, etc. ) à planta se revele. As fases desse processo de desenvolvimento estão simbolicamente relacionadas aos aspectos que os dois planetas envolvidos na conjunção desenvolvem entre si com o passar do tempo.

 

Josana Camilo
© Esse texto possui direitos autorais e não deve ser copiado ou reproduzido para fins comerciais, mas se você deseja exibir em seu site ou blog citando a autoria e a fonte, apenas me envie um e-mail avisando. Livre para compartilhamento nas redes sociais.
 
Facebook Share Button